Vocês está inrregularidades no contrato de Trabalho em Belo Horizonte – Advogado Especialista
Advogado Trabalhista no bairro Ouro Preto

Vocês está inrregularidades no contrato de Trabalho em Belo Horizonte – Advogado Especialista

Para escritório de advocacia trabalhista em Belo Horizonte, São muitas as causas de descumprimento do Contrato de Trabalho que ensejam uma Reclamação Trabalhista. O Presente estudo objetiva evidenciar os pontos mais comuns envolvendo as relações de trabalho, permitindo a empregadores e empregadores adequarem seus procedimentos para reduzir a incidência das principais irregularidades.

Segundo o Advogado Dr. Izaias Alves Nonato, especialista em Direito do Trabalho, no rompimento do contrato de trabalho, comumente são omitidas questões fáticas no cotidiano da empresa, sobrevindo rescisões incompletas e retirando do empregado direitos protegidos por lei.

Para advogada Pollyanna Teodoro, Dentre as principais irregularidades, podemos destacar:

1-Assédio Moral

2-Ausência de Registro na Carteira

3-Não pagamento de Horas Extras

4-Atraso no pagamento de salários

5-Não pagamento de Adicional insalubridade/Periculosidade

6-Não cumprimento de benefícios garantidos nas convenções coletivas (Cesta básica, Salário)

7-Exercício de função diversa da contratada, sem pagamento do salário correspondente.

8-Descontos indevidos

9-Fraude no contrato de trabalho (Trabalho realizado mediante contrato de serviços simulado)

10- Desrespeito a estabilidade do empregado (Gravidez, Licença médica, Membro da Cipa, Membros da Comissão de Conciliação Prévia, dentre outros)

11 – Atraso no pagamento da Rescisão do Contrato de Trabalho

12 – Ausência ou irregularidade no depósito do FGTS. #direitodotrabalho #advogadotrabalhistabh #melhoradvogado #verbasrescisórias #contratodetrabalho #advogacaciatrabalhista #seradvogado #advogabh #advocacia #advocaciaporamor #diciplina #prosperidade #contabilidade #contabil #empregado #belohorizonte #demissao #justacausaempregador #rescisaoindireta @renatacottam @pollyannateodora

Deixe uma resposta